Logotipo

Arcebispo da Arquidiocese recebe a maior honraria do Governo de Santa Catarina

(28/11/2017)

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e o vice, Eduardo Pinho Moreira, entregaram na noite da segunda-feira, 20, a Medalha do Mérito Anita Garibaldi ao Arcebispo Metropolitano, Dom Wilson Tadeu Jönck, scj.

A cerimônia de entrega da maior condecoração oferecida pelo Governo do Estado ocorreu na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, residência oficial do governador.

A Medalha Anita Garibaldi é concedida a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras que, no ramo das atividades que desenvolvem, contribuíram direta ou indiretamente para o engrandecimento do Estado.

Estiveram presentes no evento, o presidente do Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Francisco Salm; padres, diáconos, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Glauco José Côrte acompanhado da esposa; o presidente da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. – Badesc, José Claudio Caramori, além de autoridades civis, militares e demais convidados.

Na oportunidade, o vice governador entregou uma réplica da fachada da casa onde Anita Garibaldi viveu, em Laguna, sul de Santa Catarina. “Anita Garibaldi é sinônimo de bravura, como Dom Wilson, na sua atuação com todos os catarinenses. Ele tem um trabalho comunitário extremamente importante em Santa Catarina, contribui na evangelização, na formação das pessoas e nos bons exemplos. Essa medalha faz jus a um homem que se dedicou a fazer o bem”, destacou Eduardo Pinho Moreira.

“A medalha é aprovada por um conselho criterioso, por isso o Arcebispo a recebe merecidamente. O jeito de ser de Dom Wilson inspira a gente em um aconchego. Ele é um líder espiritual muito importante, uma pessoa que a gente admira, se apega e se sente seguro. Isso eu ouço dos catarinenses. A sua liderança na igreja católica e no campo espiritual sobre todos nós faz com que ele seja uma grande referência. A fé da gente é para se renovar todos os dias. Tenho orgulho da nossa Igreja Católica”, finalizou o governador.

Na cerimônia, Raimundo Colombo entregou o decreto e o diploma alusivos à outorga da Medalha do Mérito Anita Garibaldi.

Para o Arcebispo da Arquidiocese, a condecoração “deixa a gente orgulhoso, é um reconhecimento ao papel da Igreja em Santa Catarina, a tudo que ela realiza em cada cidade, faz parte da vida do Estado e da sociedade. Eu acolho esta medalha como reconhecimento de tudo isso”. E no discurso logo após receber a medalha, Dom Wilson afirmou que “o ser humano é capaz de se relacionar com Deus e aí, ele vai mudando. Devemos fazer o bem sem buscar alguma coisa em troca”.

Histórico da medalha Anita Garibaldi


Criada em 1972 para condecorar aqueles que se destacam por serviços prestados ao Estado de Santa Catarina e ao Brasil, a medalha de mérito Anita Garibaldi é maior condecoração do Governo de Santa Catarina, levando o nome da heroína catarinense.

Já foram homenageadas com a medalha personalidades como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; o ex-arcebispo da Arquidiocese, Murilo Krieger; o delegado Renato José Hendges e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski.



Fonte, imagem e vídeo: Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Florianópolis

MAIS NOTÍCIAS