Logotipo

2º ComVocação celebra as vocações

2º ComVocação celebra as vocações (01/06/2017)

O ComVocação é um encontro vocacional e feira de carismas vocacionais realização pela Pastoral Vocacional em parceria com a Catequese e com a integração de outras pastorais, movimentos e comunidades religiosas. O 2º ComVocação, dia 28 de maio, nas dependências do Colégio São José, em Tubarão, teve a participação de 2 mil adolescentes e jovens, na sua grande maioria crismandos.

O ComVocação foi pensado e construído com a intenção de despertar os jovens para a vida de fé, para o compromisso com a Igreja, para a vida pastoral. Ainda, para lançar em seus corações a semente da vocação cristã que chama à comunhão com Deus e à santidade. Durante o dia, testemunhamos e falamos das diversas vocações na Igreja, como a vocação matrimonial, sacerdotal, consagrada, religiosa, missionária etc. Testemunhamos a Igreja viva, que é jovem. Testemunhamos Jesus, Ele que nos chama e envia. Ao visitar os estandes de cada congregação religiosa e serviços pastorais, os adolescentes puderam se deparar com os diferentes carismas e formas de seguir Jesus Cristo.

Foi um encontro muito significativo para todos. As sementes foram lançadas. Confiemos no Divino Agricultor que fará nascer e brotar cada semente segundo sua benevolente vontade.

Um encontro como este só foi possível por que muitas forças se uniram. Muitos nos deram as mãos e ofereceram o melhor de si. Em nome da Comissão Vocacional Diocesana agradecemos a todas as pastorais, movimentos, pessoas físicas e jurídicas que nos ajudaram a realizar o 2º ComVocação. Ele não seria possível se não houvesse união.

Esta união em torno de um objetivo tão nobre revela nosso amor à Igreja e o quanto estamos irmanados no Ressuscitado. Não existe testemunho vocacional mais lindo para nossos jovens do que este: a união entre nós, a entreajuda, a partilha, o dar as mãos e caminhar juntos. Isto é evangelização com ações. Muito obrigado pelo testemunho!

Enviai, Senhor, operários à vossa Messe, pois a Messe é grande e poucos são os operários.

MAIS NOTÍCIAS